Arquivo da categoria: Inicial

Pesquisa de satisfação sobre o uso de sistemas institucionais

Durante o período de setembro a novembro de 2017 foi feita uma pesquisa com a comunidade acadêmica visando identificar melhorias nos sistemas mais utilizados na instituição. De forma anônima, cada usuário teve a disposição um canal para informar falhas ou dificuldade que encontra ao utilizar os sistemas institucionais. O espaço também permitiu encaminhar sugestões de melhoria a serem implementadas para facilitar a usabilidade dos sistemas ou a novas funcionalidades.

Gestão Unificada de Recursos Institucionais (GURI)
Gestão Unificada de Recursos Institucionais (GURI)

Após a análise das quase 300 contribuições recebidas, 6 itens foram elencados como mais relevantes: usabilidade, disponibilidade, desempenho, melhorias e novas funcionalidades, acessibilidade e interoperabilidade. Para o atendimento destes pontos, a Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) projeta efetuar as seguintes mudanças no Gestão Unificada de Recursos Institucionais (GURI) até o final de 2019:


1. Usabilidade

Aplicar melhorias de usabilidade no menu, facilitando a navegação. Também ao módulo do portal do professor em relação ao registro do diário de classe. Exibir atalhos conforme perfil do usuário logado (Aluno, Professor, TAE), facilitando o acesso ao recurso desejado. Possibilitar que o usuário crie um menu personalizado, de acordo com as opções do sistema que mais utiliza. Melhorar a organização dos relatórios, reformulando a interface para busca e removendo os relatórios desnecessários/não utilizados. Filtros internos dinâmicos, sempre abertos, para facilitar a busca nas listagens. Quando o usuário estiver nas ações e acessar o Menu, ele já virá aberto no módulo em que ele está trabalhando, evitando que ele refaça o caminho para chegar até o citado módulo.

2. Disponibilidade

Revisar/acertar os procedimentos de banco de dados os quais deixam o GURI offline (fila do sistema de backup). Verificar a possibilidade de melhorias (quanto à estabilidade) nos links de internet dos campi (principal e contingência), para que o acesso ao GURI não fique comprometido.

3. Desempenho

Melhorar o monitoramento de consultas ao banco de dados, para otimização destas antes do recebimento da reclamação do usuário.

4. Funcionalidades

Priorizar o desenvolvimento de funcionalidades acadêmicas no sistema. Evoluir o app GURI Mobile, acrescentando funcionalidades já disponíveis no GURI web. Seção de “Notificações”, com avisos, lembretes, novas mensagens, ou qualquer outra notificação ou aviso que o sistema possa oferecer ao usuário.

5. Acessibilidade

Adequar o sistema às recomendações de acessibilidade do Governo Federal (padrões eMAG).

6. Interoperabilidade (entre módulos / sistemas externos)

Implementar funcionalidade para login/logout unificado no sistema, autenticando automaticamente o aluno/servidor nos módulos abertos à comunidade externa. Incorporar o SIPPEE ao GURI como um módulo (projeto em andamento).


  • Visualize os gráficos da pesquisa de satisfação:
Pesquisa de Satisfação - Participações
Pesquisa de Satisfação – Participações

Pesquisa de Satisfação - Utilização do Sistema
Pesquisa de Satisfação – Utilização do Sistema

Pesquisa de Satisfação - Número de Sugestões
Pesquisa de Satisfação – Número de Sugestões

Pesquisa de Satisfação - Médias
Pesquisa de Satisfação – Médias

Governança de TI: 1 ano de atividades da CGOV

Após a adequação da estrutura organizacional da UNIPAMPA, publicada na portaria nº 1.695 de 21 de dezembro de 2016, a DTIC passou a contar com a Coordenadoria de Governança de Tecnologia da Informação (CGOV).

A CGOV foi concebida com o objetivo de fomentar o alinhamento da TI aos objetivos finais da instituição, oferecendo assim uma melhor compreensão e aproveitamento das atividades da TI no ambiente institucional. Para isso, atuará em três eixos: Governança de TI, Gestão de Riscos de TI e ​ Compliance.

Após um ano de atividades, a CGOV elaborou um relatório das atividades desenvolvidas (anexo) a fim de avaliar a produção ao longo do período. Observe-se a atuação em diversos temas, desde análises da legislação à gestão de riscos. Como resultado a DTIC tem avançado em pontos importantes como transparência, mapeamento de processos e gestão de riscos.

De um modo geral, com a criação da CGOV foi possível trabalhar alguns temas de forma específica por uma equipe, permitindo iniciar um processo de aprimoramento da governança de TIC na UNIPAMPA. Foi possível observar quais pontos necessitam de atenção e definir novas ações que contribuam para a governança.

Como trabalhos futuros pode-se citar a elaboração das regulamentações necessárias para o ambiente de TIC e constante gestão de riscos. Ainda há muito o que fazer, mas já foram dados os primeiros passos para uma governança de TIC eficiente.

Relatório do primeiro ano de atividade da CGOV

Atualização de hardware nas salas de processamento de dados da DTIC

Rack na Sala de Processamento de Dados da DTIC
Rack na Sala de Processamento de Dados da DTIC

A Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) através de investimentos realizados em 2017 está realizando a instalação e configuração de novos servidores, que aumentarão a capacidade principal de processamento e armazenamento nos data centers da DTIC. A atualização do parque garantirá a continuidade e confiabilidade dos serviços ofertados, além de possibilitar a oferta de novos serviços institucionais.

A Coordenação de Redes, Infraestrutura e Suporte (CORIS) reforça a importância da continuidade dos investimentos para a melhoria da infraestrutura em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), pois o devido funcionamento dos serviços exige constante atualização dos requisitos tecnológicos, tais como servidores, ativos de redes, e uso de novos softwares, além da atualização e manutenção adequada dos recursos já existentes, sempre buscando garantir maiores níveis de disponibilidade e segurança das informações.

Por fim, a DTIC planeja expandir tais melhorias para os campi, considerando atender atuais e novos projetos institucionais, bem como as necessidades locais.

Fake News: Como se cria e como se espalha uma notícia falsa

Fake News (Notícia Falsa)
Fake News (Notícia Falsa)

“Nunca se deve compartilhar uma notícia antes de checar as suas fontes, sua confiabilidade e ter certeza da sua veracidade”.

Receber notícias com manchetes alarmistas, conteúdos polêmicos e credibilidade duvidosa, não é algo incomum na internet e nas redes sociais. Apelidadas de fake news (notícias falsas, em português), essas informações são recorrentes e preocupam porque, além de emitir informações inexatas, elas podem ser usadas para aplicar golpes e espalhar vírus.

Elas são criadas por pessoas, empresas e bots – programas que simulam ações humanas de maneira repetida – que espalham boatos, atacam figuras públicas e dão maior visibilidade a determinados assuntos, com a intenção de manipular a opinião pública e ganhar dinheiro através de anúncios que acompanham as notícias.

O negócio está se tornando tão lucrativo que já existe um número notável de empresas específicas para a disseminação dessas informações. Elas manipulam algoritmos para alcançar a maior audiência possível, que acaba atraindo anúncios publicitários, tornando o negócio rentável. No entanto, as motivações nem sempre são financeiras: há casos em que as notícias são espalhadas com o intuito de causar uma comoção pública, influenciar opiniões e, até mesmo, o cenário político.

A disseminação desses fatos inverídicos só é possível graças ao compartilhamento incessante das pessoas de forma precipitada, sem que haja uma verificação da autenticidade da informação. Para o coordenador de Governança da Escola Superior de Redes, Edson Kowask, esse comportamento é o principal responsável pelo sucesso das fake news: “às vezes, quando alguém recebe uma notícia falsa pelo whatsapp, ao invés de validar a informação antes de compartilhar, a pessoa prefere divulgar de modo instantâneo, criando uma bola de neve”.

Contudo, combater as fake news pode não ser tão difícil quanto parece. Verificar a fonte responsável pela divulgação da notícia e checar se os grandes meios de comunicação estão repassando essa informação, são os melhores meios de evitar propagar dados inverídicos. “Nunca se deve compartilhar uma notícia antes de checar as suas fontes, sua confiabilidade e ter certeza da sua veracidade”, finaliza Kowask.

Fonte: Notícias ESR – nº 11 | abril/2018


Leituras sugeridas:

Fake news: estudo revela como nasce e se espalha uma notícia falsa na web.
O mercado das fake news e os aspectos jurídicos
Como fugir das fake news
‘Para combater as fake news é preciso desconfiar de tudo’, diz pesquisadora
Aprenda como identificar fake news e a denunciar conteúdos duvidosos

GAUCHA – Como configurar um perfil padrão de acesso ao sistema ?

Gestão Administrativa e Unificada de CHAmados (GAUCHA)
Gestão Administrativa e Unificada de CHAmados (GAUCHA)

A Gestão Administrativa e Unificada de CHAmados (GAUCHA) é um sistema adaptado para atender as possíveis demandas institucionais em relação ao registro de chamados ou dos setores da UNIPAMPA que assim desejarem atender os seus usuários.

Contudo, os usuários deverão alterar o seu perfil de acesso ao sistema para criação de chamados de acordo com os serviços disponibilizados para cada um. Para visualizar, acesse a FAQ “Como alternar entre os perfis de acessos ?”.


IMPORTANTE: Para auxiliar os usuários, poderá ser escolhido um perfil padrão de acesso ao sistema. A Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) recomenda que seja escolhido o perfil onde exista uma maior interação de chamados por parte do usuário. Para realizar a escolha do perfil padrão, acesse a FAQ “Como configurar um perfil padrão de acesso ao sistema ?”.

Sistema SSM é substituído pela GAUCHA através do perfil de acesso Manutenção Predial

Manutenção Predial - Como alternar entre os perfis de acessos ?
Manutenção Predial – Como alternar entre os perfis de acessos ?

A Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) informa que no dia 01/03/2018 foi bloqueada a abertura de chamados no Sistema de Serviços e Manutenção (SSM). A partir de agora, novos chamados relacionados aos atendimentos desse sistema deverão ser reportados na Gestão Administrativa e Unificada de CHAmados (GAUCHA) através do novo perfil de acesso denominado “Manutenção Predial”. Enquanto isso, os chamados que foram abertos no SSM continuarão sendo atendidos até que todos estejam encerrados.


– IMPORTANTE – : Para o entendimento de como acessar os diferentes perfis de acesso na GAUCHA, leia as informações da FAQ “Como alternar entre os perfis de acessos ?”.